O Autor

foto3x4Olá, seja bem-vindo meu caro leitor internauta.

Um primeiro pedido: não se revolte comigo, nem queira tentar de formas agressivas e com imposições me fazer crer no que você acredita. Seja amável, dialogue sem querer ser o dono da verdade e me dizer que sua “religião” é a única que salva ou coisa assim.

Você é bem-vindo se quiser repartir suas inquietações e seguir um caminho na busca das possíveis respostas à elas.

Em primeiro lugar não vou revelar meu nome, não por covardia, mas pelo fato de que vou expor aqui coisas que podem chocar e entristecer minha família, amigos e conhecidos que hoje professam uma fé com suas regras e formas de culto, bem como as crenças que eu antes também professava. Porém hoje já não mais concordo com a maioria de tudo o que aprendi, vivi e cri, em mais de 50 anos de vida nas igrejas por onde passei, e das pessoas e pastores que me relacionei.

Se eu revelasse meu nome, no meio que vivo, eu seria rotulado como “Desviado dos Caminhos do Senhor”, simplesmente pelo fato de já não mais acreditar nas mesmas coisas que todos acreditam.  Já não poderia mais caminhar no meio de todos, sem ser rotulado de alguém que se afastou dos princípios da fé, que está “em pecado”. e até de questionar a grande maioria dos ensinos, aos quais ainda estão presos e engessados, não se permitindo pensar e questionar absolutamente nada,  simplesmente dizendo “amém” para tudo. Uma fé cega que os deixa feliz, aceitando tudo que lhes é ensinado e imposto pelas normas da religião, de modo simplista.

Lamentavelmente nem mesmo com minha família e amigos mais próximos eu poderia colocar as questões que não fecham com respostas satisfatórias, onde na maioria das vezes a resposta simplista é: -“Você tem de aceitar pela fé!” , “Deus é Deus!”, “Só o que está escrito na Bíblia é de Deus!”, “Se não há resposta na Bíblia é porque Deus não quis revelar!” e por aí vai…

Eu nasci num lar cristão, meus pais eram Batistas, da ala hoje conhecida como “evangélica” no meu tempo de criança nas décadas de 60 e 70, éramos chamados de “crentes”! Íamos todos os domingos na escola dominical, onde passei por todas as classes de ensino da igreja e a noite no culto tradicional, onde geralmente eram cantadas canções e o pastor trazia um sermão visando a salvação das almas. Cresci frequentando reuniões de oração e de pregação da “Bíblia Sagrada” a qual é chamada no meio de ” A palavra de Deus”, a qual nada fora dela poderia ser acreditado.

Fui catequizado pelo “Evangelho da Salvação” na pessoa de Jesus Cristo, o filho de Deus, pelo qual em seu sacrifício de morte na cruz, nos trouxe a Salvação e fora dele não há nenhum outro caminho que nos leve para a vida eterna no céu. Fora esse caminho, a passagem é direta para o inferno, lugar de sofrimento e ranger de dentes eterno. Portanto o ensino da crença, era imposto pelo medo e não por amor, ou seja não havia nenhuma outra alternativa!

Hoje, creio em Deus, no Seu poder infinito, na Sua sabedoria, no Seu amor, na Sua vontade, criador de tudo até mesmo das evoluções mundo, seus seres e do homem, ou seja eu sou um Criacionista Evolucionista, sem medo de ser queimado nas fogueiras modernas das crenças, e de ser rotulado como Herege, pois eu mesmo já me intitulo como tal!

Nas páginas deste blog, trarei os assuntos que me inquietam, dividindo assim com quem ama a Deus como eu, a busca de respostas com mais conteúdo e solidez, das que geralmente temos no meio cristão.

Alguns pastores e teólogos, e também pessoas que assim como eu também tem suas dúvidas e questionamentos, e são em grande parte atacados pela Igreja de um modo geral por ousarem questionar e propor que as pessoas pensem e reflitam, ganharam minha simpatia e eu também irei aqui repartir seus conteúdos na medida do possível.

Não sou formado em teologia, não tenho a pretensão de ser o dono da verdade e de achar que eu esteja certo e todos errados, se você entendeu assim, entendeu errado. Sou um homem simples carente da misericórdia de Deus e que apenas tem sede de algo além das colocações simplistas e impostas como sendo a “Única Verdade”.

Um grande abraço a você e que Deus nos abençoe e nos de sabedoria e paz para conhecê-lo mais a cada dia.

O Herege.
25 de setembro de 2014 – Data da Inauguração do Blog